Capoulas Santos e Carlos Zorrinho no encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015

Capoulas Santos e Carlos Zorrinho no encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015

A Cidade Europeia do Vinho 2015 terminou no dia 13 de fevereiro em Reguengos de Monsaraz com a passagem de testemunho a Conegliano-Valdobbiadene, que vai ostentar a distinção durante este ano. Para trás ficaram 358 dias de promoção nacional e internacional do concelho nas áreas da vitivinicultura, do turismo, da cultura e do património da região, através de cerca de 150 atividades realizadas pela Cidade Europeia do Vinho 2015. Foram efetuadas 120 parcerias com entidades, com destaque para os produtores de vinho do concelho, nomeadamente a CARMIM, o Esporão, a Ervideira, o Monte dos Perdigões, a Adega José de Sousa, a Quinta da Várzea, a Luís Duarte Vinhos, o São Lourenço do Barrocal e o Monte das Serras.

O Município de Reguengos de Monsaraz estima que 3,5 milhões de pessoas tenham tido conhecimento desta distinção e contacto com eventos organizados durante o ano no país e no estrangeiro. Na cerimónia de encerramento estiveram presente Luís Capoulas Santos, Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, o eurodeputado Carlos Zorrinho, Pietro Iadanza, Presidente da RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho, Pedro Ribeiro, Presidente da AMPV – Associação de Municípios Portugueses do Vinho, Rogério Grilo, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, Frederico Falcão, Presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, Floriano Zambon, Presidente da Città del Vino – Associação de Cidades Italianas do Vinho, José Garcia Lobato, Vice-presidente da ACEVIN – Associação Espanhola de Cidades do Vinho, entre outras entidades.

Nesta ocasião, a autarquia homenageou a RECEVIN, a AMPV, a Città del Vino e a ACEVIN pelo trabalho de promoção desenvolvido, tendo sido ainda assinado um pacto de amizade com Guardia Sanframondi, que deverá ser o primeiro passo para a geminação entre Reguengos de Monsaraz e esta cidade italiana. Para além da passagem de testemunho a Lagoa, Cidade do Vinho 2016, Reguengos de Monsaraz entregou a bandeira da RECEVIN que identifica a Cidade Europeia do Vinho 2016 a Conegliano, a Valdobbiadene e a toda a região italiana do Prosecco Superiore, famosa pelo vinho espumante produzido em 15 municípios da província de Treviso. A noite foi preenchida com a atuação da banda Lucky Duckies.

A Cidade Europeia do Vinho 2015 esteve presente e promoveu o território e os vinhos dos produtores do concelho em dezenas de feiras em Portugal e no estrangeiro, como por exemplo na Bolsa de Turismo de Lisboa, na FATACIL, na ViniPax, na Fitur (Madrid), na ITB (Berlim), na ABAV (São Paulo) e na World Travel Market (Londres). A promoção de Reguengos de Monsaraz foi também efetuada em representações diplomáticas no exterior, tais como na Embaixada de Madrid, no Consulado de Sevilha, na Embaixada de Berlim, na Embaixada de Londres e na Embaixada de Bruxelas, e ainda no Parlamento Europeu e na Câmara de Paris, numa iniciativa conjunta com a CIMAC – Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central.

A autarquia organizou mais de 70 eventos no âmbito da programação anual da Cidade Europeia do Vinho 2015, com destaque para a I edição da Feira Internacional de Vinhos ViniReguengos, a Conferência Internacional do Vinho e da Vinha, a Eleição Nacional da Rainha das Vindimas, o Simpósio de Vinhos e Gastronomia da Europa – CEUCO – Conselho Europeu de Confrarias Enogastronómicas, o Estágio RECEVIN para jovens vitivinicultores, o I Grão Capitulo Enófilos do Alentejo, o colóquio “Prospeção e conservação em larga escala da diversidade das castas antigas de videira em Portugal” e observações astronómicas com provas de vinho.

Em colaboração com a Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo, mais de 30 operadores turísticos estrangeiros estiveram no concelho a estudarem o território para incluírem a região nos pacotes turísticos que comercializam em países como a Austrália, Estados Unidos da América, Reino Unido, Japão, Espanha, Itália, Brasil e França. Também no âmbito da Cidade Europeia do Vinho 2015, Reguengos de Monsaraz recebeu dezenas de jornalistas que realizaram reportagens no concelho, por exemplo para a RAI2 (Itália), TravMedia (Holanda), Marie Claire (Brasil), Gastronomic Nomad (Espanha), Food and Fabulous (África do Sul), La Libre Belgique (Bélgica), In Vino Viajas (Brasil), Travel World News (Estados Unidos da América), Gourmamism (Rússia), Sing Tao Daily (Canadá), Le Quotidien (Luxemburgo), Gilbert & Gaillard (França) e RBS TV da Rede Globo (Brasil).

No ano passado, a autarquia registou 160 mil visitas turísticas a museus, exposições, igrejas e postos de turismo do concelho de Reguengos de Monsaraz, representando um aumento de 17,6 por cento comparativamente com 2014.

Cidade Europeia do VInho 2015 (1)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (1)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (2)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (3)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (4)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (5)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (6)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (7)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (8)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (9)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (10)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (11)

Encerramento da Cidade Europeia do Vinho 2015 (12)

Share

Deixe uma resposta